domingo, 26 de junho de 2011

[RELATO] 2ª Volta da União - Osasco

Olá amigos, o motivo que me fez participar da 2ª Volta da União em Osasco sem dúvidas foi a boa estrutura montada na primeira edição, no ano passado. Apesar de um dos organizadores ser um grande amigo e também por ter sido convidado a participar do evento, serei imparcial quanto ao relato dessa prova. A minha presença não estava confirmada devido a um princípio de gripe que já estava se manifestando, mesmo assim, acordei com disposição e procurando dissolver a idéia de que estava começando a adoecer. O dia estava ótimo, temperatura adequada para correr, ou seja, o ar frio não incomodava enquanto que o sol contrastava, deixando um clima agradável. A exemplo de 2010, o Shopping União abrigou toda a concentração do evento, por ser um local com um grande espaço físico, os atletas tiveram condições de aguardar o início da prova com segurança e tranqüilidade. Antes da prova encontrei os meus amigos Marcelo Jacoto (que correu recentemente a Maratona da Muralha da China), a Elisangela Matos (ultramaratonista que fez o Desafio Urubici), e o famoso Wilson Lobo (atleta da extinta equipe Playteam e presença garantida nos principais eventos da cidade).

Elisangela e eu antes da largada

Outro ponto de grande discussão é com relação a retirada do kit de participação, pois muitas pessoas que moram longe do local do evento preferem retirar no dia da prova, questão bem observada pela organização ao permitir que o kit do atleta fosse retirado no próprio domingo, até minutos antes da largada. A camiseta foi outro diferencial do evento, sendo na cor azul para o masculino e vermelha para o feminino, da marca FILA (um dos patrocinadores do evento). Além disso, outros brindes acompanharam o kit pré-prova (revista SPORTLIFE, barra de cereal da MONTEVERGINE, além de um chaveiro oferecido pelo SHOPPING UNIÃO e as já conhecidas propagandas de serviços parceiros do evento. O número de peito trazia um item destacável para ser depositado numa urna, que seria alvo de um sorteio ao final. A narração foi feita pelo jornalista e apresentador de televisão Luciano Faccioli, com o impagável bom humor de sempre. O guarda-volumes funcionou corretamente, peguei uma pequena fila, porém em eventos de grande proporção isso é considerado algo normal. O tradicional banheiro químico foi preterido pelo sanitário do shopping, o que agradou praticamente à todos.

Arte das camisetas (fonte site oficial da organização)

A largada estava prevista para às 09:00h, além dos 9Km da corrida, haveria uma caminhada de 4Km. Curiosamente estava ocorrendo simultaneamente outro evento de corrida no mesmo dia na cidade de Osasco, não sei se isso influenciou de alguma maneira, fato é que a prova iniciou com 17 minutos de atraso. Quem correu a primeira edição certamente se surpreendeu, pois o percurso praticamente em nada se assemelhou com a edição anterior. Os primeiros cinco quilômetros foram dentro do shopping, na região do estacionamento, uma inovação, pois não me recordo de ter corrido em local fechado antes. É certo que já havia corrido em outros estacionamentos (Shopping Center Norte, Shopping Aricanduva, Shopping Mogi das Cruzes), porém todos a céu aberto. Os postos de hidratação trabalharam corretamente e as faixas de sinalização estavam bem posicionadas. Após o quinto quilômetro, saímos das dependências do shopping e percorremos uma avenida da cidade, em pouco tempo já estávamos novamente entrando no estacionamento para finalizar os 9Km.

No estacionamento do shopping (fonte MidiaSport)

Próximo do fim, a organização preparou a maior surpresa de todas: o último quilômetro foi dentro do shopping, no térreo, passando pela área das lojas, praça de alimentação, saindo pela porta de acesso à concentração, sendo percorridos mais alguns metros até o pórtico de chegada. Fechei a prova com 53:46min, sem pressa e ouvindo músicas. Nos meus dez anos de corridas, foi a primeira vez que corri literalmente dentro de um shopping center, algo que certamente será lembrado nas conversas com amigos. Sei que a fotografia se tornou um bom negócio nas corridas, porém, as empresas poderiam cobrar menos, visto que são milhares de atletas, dezenas de eventos dentro do mês e isso certamente traria um lucro caso os arquivos digitais custassem menos. Acredito que até R$ 12,00 seria um valor aceitável para os arquivos digitais em alta resolução. Isso foi outra preocupação da organização, que contratou os fotógrafos da empresa MidiaSport, para fotografar o evento, para depois disponibilizá-las para os atletas baixarem gratuitamente em seus computadores. Por tudo que o evento proporcionou, desde a camiseta de uma conceituada marca até o kit pós-prova, penso que ninguém se arrependeu do investimento de R$ 50,00 no ato da inscrição.

Dentro do shopping (fonte MidiaSport)

Ao final devolvemos o chip, recebemos uma bela medalha, um isotônico, além de frutas e barras da montevérgine. Para selar a manhã de domingo, no número de peito havia outro item destacável que seria trocado por um brinde, eis que o tal presente nada mais era que um ursinho de pelúcia alusiva ao Dia dos Namorados, comemorado naquele domingo (12/06). Percebi que havia um número bem maior de participantes em relação a primeira edição, fato confirmado pelos organizadores. A aceitação da corrida foi tamanha que muitos, inclusive eu, retornaram trazendo amigos e conhecidos, mostrando que o evento tem tudo para crescer e efetivar-se por muitos anos na cidade de Osasco. Mesmo com o atraso da largada, a organização conseguiu dar a volta por cima, pois lendo em blogs de pessoas que participaram da prova, quase todos minimizaram essa questão, citando apenas os pontos altos da prova que renderam críticas positivas.

Arte da medalha (fonte site oficial da organização)

Os organizadores prometeram mais novidades para 2012, irei pela curiosidade e por saber que certamente será um evento de qualidade, fato comprovado nas duas primeiras edições. Faço apenas duas sugestões: que a prova ocorra mais cedo, visto que o prazer da maioria dos atletas é correr pela manhã e ter o restante do domingo para curtir com a família (sem contar a questão da temperatura) e também sugiro para aumentarem para 10Km (distância nacionalmente conhecida) e que ganhará mais destaque na mídia.

Promessa de mais surpresas para 2012 (fonte divulgação)

Informações: www.voltadauniao.com.br (existe também a opção para “curtir” a página do evento no Facebook)

No meu próximo relato contarei como corri os 25Km da Maratona de São Paulo, mesmo estando gripado e tendo ficado de cama na semana que antecedeu a prova.

7 comentários:

  1. Dani.. Belo relato!
    Essa prova deu muito bafafá em redes sociais, mas eu concordo com vc.. para mim foi uma inovação.. gostei principalmente do ultimo km correndo dentro do shopping..rs

    bjs
    Jacke

    ResponderExcluir
  2. Show de bola essa prova ., o final do percurso dentro do shooping foi showw !!

    Belo blog ., agora essa sua camisa São Paulina TA POR FORAA !!rsrsr

    Abraços e bons treinos !!

    Romildo
    www.avicor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Arrasou! gostei da indumentária e correr em shoppings tbém!:) Abraço para a Elis!

    ResponderExcluir
  4. Que descontração!! Adorei o seu relato foi super descontraído como foi a sua experiência e pelo jeito foi uma experiência super positiva, tanto que vc voltará em outras edições. Agora correr no interior do shopping foi impagável, os frequentadores devem ter se divertido tanto qto vcs!!
    Bjs e Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns eu curti seu relato, e seu tempo muito bom...
    \o/ eeeee simbora
    @marlipalugan
    www.marlipalugan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Muito bom seu relato Daniel parabéns tanto por ele quanto pela corrida.

    Abraços!

    ResponderExcluir